três poemas

insolentes

a sombra
que se faz
ao meio

a clareza do
centeio onde
a luz desvela

— teus seios
são um eclipse

outonal

tudo tem
seu vento

não há folha
que não voe

o rosto sem dono

o espelho
inventa um corpo

perdi meu rosto
no reflexo

me encontro
rarefeito

sou a sombra
de meus restos

Celso Takashi Yokomiso nasceu em São Paulo, aos 09/06/1974. Graduado em Psicologia pela Universidade de São Paulo. Mestre e Doutor em Psicologia Social pelo IP-USP. Docente da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Escreveu Limites (prêmio Festival Universitário Xerox do Brasil), Livro Aberto (Ed. Cone Sul, 1998) e Hiatos (prêmio Nascente — USP e Editora Abril, 1999).