ata da assembleia

Condomínio Residencial Recanto da Concórdia. Rua do Remanso, 451. Ata da assembleia realizada em 29 de julho do ano corrente de Nosso Senhor. Início às 20 horas. A partir deste momento as assinaturas permaneceram com o número 16. Sendo os presentes e representados por procuração: bloco 8, apartamento 24; bloco 9, apartamentos 41, 73, 74, 93, 121 e 124; bloco 10, apartamentos 24, 33, 74, 82, 102, 103, 112, 113, 124, 162 e 173. O síndico sr. Jair da Silva deu início à assembleia, solicitando aos presentes dois voluntários, um para o cargo de presidente e outro de secretária. Apresentou como presidente o sr. Antônio de Souza, apartamento 41 do bloco 9, e para secretária a sra. Márcia Andrade, do apartamento 74 do bloco 10. O sr. Antônio de Souza fez a leitura do edital da assembleia, com os assuntos: item 1, candidatos à brigada de incêndio; item 2, assuntos de interesse gerais; item 3, aprovação da taxa de reajuste condominial. Do item 1, a lista de candidatos à brigadista de incêndio fica aberta para inscrições na portaria. Do item 2, o síndico sr. Jair da Silva fez breve narrativa sobre o episódio ocorrido por ocasião de um problema nos elevadores do bloco 9, gerando a parada deles, e ofensas que recebeu do morador do apartamento 184 do bloco 9. Assim, abre aspas, por volta das 22 horas do dia 11 de março do ano corrente de Nosso Senhor, o sr. Júlio Sebastião Bonfim foi à portaria e passou a ofender moralmente o síndico para os funcionários. Depois o sr. Júlio parou em frente ao bloco 10 e arremessou um objeto metálico em direção à porta de vidro, que não se quebrou, ato que pode ser visto nas filmagens das câmeras de vídeo. O sr. Júlio, então, começou a gritar, usando as mãos na boca para servir de megafone, que o síndico era ladrão e vagabundo, e muito provavelmente comunista e filho da puta. Gritou ainda que era síndico de merda, pequeno ditador salafrário, e que iria quebrar a cara daquele velho nojento. O ato foi presenciado por inúmeros moradores do Condomínio Residencial Recanto da Concórdia e por seus funcionários, fecha aspas. O síndico sr. Jair da Silva informou que já entrou com os processos contra o sr. Júlio Sebastião Bonfim. Enviou-se notificação extrajudicial por meio de assessoria jurídica, como também notitia criminis requerida na 76ª delegacia de polícia, ação indenizatória de danos morais na 14ª vara cível do foro da Vila do Remanso e ação criminal no mesmo foro. O sr. síndico fez colocação sobre a nova jornada de trabalho da funcionária Cristina, que passa a auxiliar a equipe administrativa no escritório. A funcionária Cristina fica, portanto, incumbida de solicitar aos proprietários dos apartamentos o número do CPF para constar no boleto da taxa condominial. Houve recusas. Sendo assim, aos proprietários que se recusaram será solicitada certidão do imóvel no 171º registro da capital e a taxa para tirar este documento será cobrada do proprietário. O sr. síndico informou sobre o alvará para a poda das árvores, aprovada pela prefeitura. Também explicou o aumento do valor do IPTU. E, por fim, relatou sobre a quantidade de pontas de cigarros arremessadas pelas janelas do bloco 10 e sobre o vandalismo que está ocorrendo no bloco 9, em que restos de drogas e vidros quebrados foram encontrados na escadaria. Passará circular e se os problemas persistirem câmeras novas serão instaladas. Dando sequência, o sr. Aluísio Teixeira, subsíndico do bloco 10, explicou os valores da planilha de gastos do condomínio. Também foi informado o desligamento de dois funcionários. O sr. Aluísio Teixeira colocou três opções de reajuste da taxa e rateios para pagamento do 13º salário dos funcionários. A conselheira sra. Guiomar Alves analisou detalhadamente a planilha e os valores. A segunda opção colocada pelo sr. Aluísio Teixeira foi a aprovada por todos os presentes. O síndico sr. Jair da Silva observou, porém, que: caso os valores não sejam suficientes para a rescisão dos contratos dos dois funcionários desligados recentemente, será marcada nova assembleia geral extraordinária para aprovação de rateio complementar. Nada mais a ser discutido na presente assembleia, encerrou-se a reunião às 23 horas. Assinaram a ata a secretária sra. Márcia Andrade, o presidente sr. Antônio de Souza e o síndico sr. Jair da Silva.

Amanda Sorrentino é carioca, formada em cinema e editora do gueto. Contato: ama.sorrentino@gmail.com