próximas instruções

Faz três dias que recebi a mensagem, por telegrama, como antigamente:

Hoje contar passos
Amanhã contar piscadas
Depois agradecer durante todo o dia a nossa infinita bondade
Aguardar próximas instruções

Refleti: seria arriscado não fazer o que Eles recomendaram. Mas achei muita ousadia, tanto que desde então não me movo, reduzi as piscadas ao mínimo possível e todo santo dia amaldiçoo a infinita bondade dos meus algozes.

No mais, apenas aguardo as próximas instruções. Isso deve atenuar a minha pena, seja ela qual for.

Claudio Parreira é escritor. Foi colaborador da Revista Bundas, do jornal O Pasquim 21, Caros Amigos on line, Agência Carta Maior, entre outras publicações. É autor, pela Editora Draco, do romance Gabriel e também da coletânea de contos Delirium, pela Editora Penalux. Facebook: Claudio Parreira