cinco poemas breves

I
A gente nunca erra
quando faz da paz
nossa arma de guerra

II
No céu da minha boca
tem um monte de estrelas

Não penso em outra coisa
a não ser comê-las

III
Nem cofres nem gavetas
O que vale me cabe no olhar
Voam borboletas

IV
A planta no vaso
Viver é profundo
até mesmo no raso

V
Moro num lugar sem nome
Onde vivem os poetas

De vez em quando o chão some
E se misturam as setas

Alvaro Posselt é professor de língua portuguesa e poeta. Tem cinco livros publicados: Tão breve quanto o agora, Um lugar chamado instante, Entre arranhões e lambidas, Kaki e Na sopa do sapo. Seus haicais estão pintados em um mural da Travessa da Lapa, no centro de Curitiba; também aparecem nas embalagens de Poëse, sorvete da franquia Los Paleteros, e fazem parte do projeto Pacote de poesia, do SESC Paço da Liberdade, edição novembro/2016.