a língua do profeta

Era um homem alto, magro, cabelos desgrenhados até o ombro, vestia uma fantasia de profeta do apocalipse suja. Estava numa esquina do centro da cidade, dia útil, final de tarde. Gritava:

— Deus mandou avisar que vocês todos vão para o inferno com línguas de fogo no rabo por toda a eternidade.

Jerome Knoxville é antipoeta e editor do gueto.